Educação: artigos reunidos. A filosofia da educação sengundo Santo Tomás de Aquino

Link da Amazon: clique aqui

O presente livro traz algumas traduções de artigos inéditos em português sobre o tema da educação, traz também um artigo escrito em português sobre Hugo de São Vitor. Abaixo fizemos uma pequena síntese de cada artigo:

O primeiro artigo, Defesa do Ócio, do professor e escritor Josef Pieper, resgata a noção do ócio tal como foi concebido pela melhor tradição filosófica do ocidente. Não se trata de um direito ao ócio ou de um ócio criativo, mas de um ócio que expressa a maneira que a inteligência se relaciona com a realidade. Algumas importantes ponderações são feitas sobre como compreender o conceito de ócio em sua formulação original, sem que haja prejuízos ideológicos, os quais tornam infrutíferos muitos esforços de pesquisa.

O problema sobre a inversão dialética levada a cabo pelo marxismo é tratado no artigo Da Doutrina à Ideologia, do professor e escritor Alberto Caturelli, que mostra de que forma aquilo a que chamamos doutrina está relacionado com o ato de ensinar, o artigo também mostra como a inversão do processo do conhecimento no marxismo estabelece a forma mais elevada de alienação. Conforme o modo marxista de ver o mundo, as palavras já não são mais o modo como o homem expressa o que está em seu pensamento: elas passam a ser um instrumento em vistas de um determinado efeito, sendo importante apenas o efeito prático e transformador, desconsiderando a importância do pensamento ou da compreensão consciente da realidade.

Já a relação entre autoridade e liberdade é tratada pelo escritor Juan Antonio Widow, em cujo texto define cada um desses dois importantes conceitos, sem os quais não poderíamos entender a política, tampouco a educação. Sem autoridade, não poderia haver educação. Por mais meios que os alunos disponham para aprender, o principal meio continua sendo o professor, quem seleciona e direciona a multiplicidade de informações, na medida necessária para cada um.

O último texto, escrito por Tiago Reis, é sobre o Didascalicon, de Hugo de São Vítor. O estudo, em um primeiro momento, traz uma pequena introdução histórica, tentando mostrar a importância do Didascalicon. Posteriormente, aborda a estrutura curricular da universidade da época, a qual é, em grande parte, estrutura de toda tradição acadêmica ocidental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s